ConJur – Proibir condômino inadimplente de usar elevador fere a dignidade humana

A regra de um condomínio do Espírito Santo em punir quem atrasasse a taxa mensal de R$ 3 mil com a proibição de usar o elevador foi declarada ilegal pela 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça. O colegiado determinou o pagamento de compensação por danos morais a uma moradora, no valor de R$ 10 mil. Para a relatora Nancy Andrighi, a forma de punição “resulta no malferimento da dignidade da pessoa humana\”.

viaConJur – Proibir condômino inadimplente de usar elevador fere a dignidade humana.

viaConJur – Proibir condômino inadimplente de usar elevador fere a dignidade humana.

Facebook Comentários

Alexandre Berthe Pinto
Alexandre Berthe Pinto
Advogado, Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Secção de São Paulo; Membro da Comissão de Direito Condominial da OAB-SP; Membro da Associação dos Advogados de São Paulo; Cursou Pós Graduação em Direito das Famílias e das Sucessões (EPD), É Pós Graduando em Direito Aplicado aos Serviços de Saúde.

3 Comentários

Deixe uma resposta

Contato
%d blogueiros gostam disto: